Dieta Ravenna, Dieta Volumétrica, Dieta dos 22 Dias, Dieta Dukan, Dieta da Cabala… qual é a melhor?

Dieta Ravenna, Dieta Volumétrica, Dieta dos 22 Dias, Dieta Dukan, Dieta da Cabala… qual é a melhor?

Neste título mencionei apenas cinco dietas famosas atualmente, mas se você pesquisar nas livrarias ou sites, verá que a lista aumentará muito. Afinal, qual destas dietas é a melhor? Se você continuar sua pesquisa, verá pessoas falando mal e bem de todas elas. Encontrará experiências que surtiram muito resultado ou não mudaram nada.

Em minha humilde opinião, a melhor é a Dieta VNC (Vergonha da cara). Emagrecer e manter a saúde em dia e ter um peso ideal são resultado de um estilo de vida saudável, com alimentação equilibrada e prática de exercícios. Simples assim.

Precisa de legenda?

Precisa de legenda?

Isso significa que sou contra as dietas mencionadas? Depende de como você lida com a dieta. Se você precisa de um empurrãozinho para melhorar a auto estima em poucos dias, não tenho nada contra. Afinal, não é fácil comer direito e fazer exercícios por uma semana e ao final destes sete dias ver que nada mudou. É óbvio que, assim como você não engordou em sete dias, você também não emagrecerá tudo em outros sete. O ideal é você ser paciente e saber que, ao viver um estilo de vida saudável, os resultados chegarão (inclusive os menos importantes, que são os estéticos). Mas, se você for impaciente, seja qual dieta você escolher, utilize-a apenas como uma ajuda inicial.

Não torne-se refém das dietas. Elas provocarão o efeito sanfona e a debilidade de sua saúde e mente. Já ouvi muita histórias de pessoas que começam com dietas, tentam uma infinidade delas vivendo neste efeito sanfona. Após anos assim, culpam a dieta e decidem que está na hora de partir para uma lipo. Não demora muito para perceberem que a lipo também é paliativa se os hábitos não mudarem.

A principal mudança deve ocorrer na sua cabeça. Não é o peso que importa, mas seu nível de colesterol, vitaminas e açúcar no sangue, seu baixo percentual de gordura visceral e o nível de sua pressão arterial, enfim, sua disposição e alegria para levantar um dia após o outro.

Quer dicas? Inspire-se em pessoas que têm histórias de vitória e transformação, não meramente física, mas de forma de pensar. Quer umas boas referências? Mimis, Camilla, Márcio, Yamily, Gabriela, Larissa, Kelly, Karina.

Nomes comuns na lista, certo? Removi os sobrenomes de propósito para você perceber que, se abrir cada um dos sites, verá que metade é de gente famosa e a outra metade de pessoas fora dos holofotes da fama. Ou seja, buscar a saúde não é exclusivo de quem tem dinheiro, notoriedade ou tempo de sobra. O comum entre eles foi ter força de vontade, buscar ajuda quando necessário e, após a conquista do objetivo, a alegria em compartilhar seus desafios e vitórias.

Que tal você ser o próximo nesta lista?

Facebook Comments